Ultimas...
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

VERGONHOSO: VEREADORES THIAGO E MONIK ATACAM DOCENTES DA FACISA E DO IFRN, EM SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE SANTA CRUZ.












Para uma plateia de pastores e eleitores de Bolsonaro (candidato que vem pregando ódio contra a educação, cultura, movimentos sociais e toda a esquerda) que foram acompanhar a sessão da Câmara de Vereadores de Santa Cruz/RN, de ontem (03), os vereadores Monik Melo e Thiago Augusto, atacaram de forma covarde, docentes (professores) da FACISA e do IFRN. Não se pode definir a tentativa de macular esses profissionais, se não, um ato insano, vergonho e covarde. 

É bem provável que o ataque seja pelo fato de diversos professores dessas instituições terem se colocado contra os projetos de lei que “AMORDAÇA” a educação, propostos pelos vereadores em epigrafe. Diga-se de passagem, não podia os profissionais do ensino, ter outra posição, que não fosse condenar as propostas dos vereadores. 

A sociedade Santa-cruzense precisa ficar atenta para o comportamento de seus representantes. Vereadores, usarem a tribuna da Câmara, para tentar desqualificar profissionais de instituições tão gabaritadas e necessárias para a educação profissional, técnica e superior, é algo que precisa ser rechaçado com veemência. 

A FACISA e o IFRN são um legado para Santa Cruz. Conquistadas as dura penas, com muita luta. Representam um enorme avanço, para o município e, por mais que o vereador Thiago diga em sua fala que aquelas palavras não são contra as instituições, ao acusar professores de estarem formando comitês políticos e doutrinários em sala de aula, não tem como desassociar do institucional. 

É um direito dos vereadores discordarem da posição política ideológica de qualquer pessoa, seja ela quem for, exerça a profissão que exercer. Toda via, é no mínimo irresponsabilidade, parlamentares, usar o plenário, a tribuna da casa do povo, para proferir acusações contra profissionais da educação, das mais respeitadas instituições de ensino do estado. 

Infelizmente, essa campanha de ódio que se espalha pelo Brasil afora, chegou em Santa Cruz sendo propaganda por quem deveria cuidar da verdade, do bom senso, da responsabilidade, da laicidade e do direito. 

A sessão da Câmara de vereadores do município de Santa Cruz/RN, datada da noite do dia 03 de setembro, através do discurso do vereador Thiago Augusto (Advogado) aparteado pelo vereador Monik Melo e vereadora Aninha de Cleide, entrará para à pagina triste da história daquela casa, dado os, ataques, acusações e leviandade, contra a educação e as minorias, que se observa nas falas. 

É possível que, diante do que está posto na constituição, onde estabelece que parlamentares são invioláveis por aquilo que falam ( eu diria: ou vomitam) no exercício do cargo, os deixem com a sensação que tudo podem e, talvez, possam mesmo. Só não custa lembrar que, pessoas públicas ao se pronunciarem, esse pronunciamento tem impacto na vida de milhares de pessoas. 

Esse ódio, esses ataques contra educação, minorias, partidos e ideologias, que se veem espalhados Brasil afora por políticos e religiosos, precisa acabar, sob pena de vermos pessoas vivas sendo queimadas na fogueira, como no passado triste da humanidade. 

Senhores vereadores! Porque não respeitar a educação? Respeitar, os já tão sofridos professores? Respeitar a FACISA? Respeitar o IFRN? Todos são atingidos pelo que foi dito (acusado) de fazer, o que não fazem. Foi uma grande bola fora de Vossas Excelências.   

Por RSantos
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Blog do Joseilson