Ultimas...
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

terça-feira, 27 de junho de 2017

Perito de Temer diz que laudo da PF em gravação é evasivo e não conclusivo

O perito Ricardo Molina, contratado pela defesa do presidente Michel Temer para analisar a gravação de Joesley Batista de uma conversa que ele teve com Temer, disse nesta terça-feira (27) que a perícia da Polícia Federal é "evasiva" e não é "conclusiva nem "categórica".
O G1 buscava contato com a assessoria da PF até a última atualização desta reportagem.
Nesta segunda (26), Temer foi denunciado pela Procuradoria Geral da República pelo crime de corrupção passiva com base nas delações da JBS. Para o presidente, a denúncia o torna "vítima de infâmia de natureza política", é uma "peça de ficção" e cria uma nova categoria no Código Penal, a "denúncia por ilação".

Desde que o áudio da conversa entre o presidente e Joesley Batista se tornou conhecido, um dos principais argumentos da defesa de Temer é que a gravação foi adulterada. Para a PF, não há edições.
"Esse laudo [da PF] é cheio de evasivas. É cheio de compatibilidades, plausibilidades, indicativos. Ele nunca é conclusivo nem categórico", afirmou Molina nesta terça.
Ele questionou as expressões utilizados pelos peritos da Polícia Federal no laudo apresentado.
“O que quer dizer consistente? Plausível? Indicativo? Tem certeza? Talvez seja? É provável. Eu pediria esclarecimentos a respeito dessas palavras”, disse.
Molina, em seguida, criticou o trabalho da PF que, segundo o perito, não respondeu a 12 perguntas apresentadas por ele.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Blog do Joseilson