Ultimas...
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

domingo, 21 de maio de 2017

Manifestações em diversas cidades pedem a saída de Temer

As cidades têm protestos pedindo a renúncia do presidente Michel Temer neste domingo (21). Os atos foram motivadas pela delação premiada dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. No sábado (20), Temer disse que segue na Presidência e pediu suspensão do inquérito que o investiga.

Belém

Dezenas de manifestantes ligados à Central Única dos Trabalhadores (CUT) realizam um ato na manhã deste domingo (21) em Belém pedindo a renúncia do presidente Michel Temer e a realização de eleições diretas para definir a sucessão do executivo nacional. A polícia e a organização do protesto não divulgaram estimativa de público.

Belo Horizonte

Manifestantes pedem a saída de Temer na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte


Manifestantes se reuniram na manhã deste domingo (21) para um protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O ato foi convocado pela Frente Brasil Popular, pela Central Única dos Trabalhadores, e outros movimentos sociais, estudantis e partidos de esquerda.


Campo Grande

Manifestantes fizeram um ato contra a corrupção, a reforma trabalhista, e pediram o afastamento do presidente Michel Temer no centro de Campo grande. O protesto, organizado pelo Frente Brasil Popular, reuniu cerca de 300 pessoas, segundo os organizadores. A Polícia Militar estimou o grupo em 150 participantes.

Goiânia

Um grupo realiza um ato na manhã deste domingo (21), em Goiânia, pedindo a saída do presidente Michel Temer (PMDB) e a realização de eleições diretas. A manifestação, organizada pela Central Única dos Trabalhadores em Goiás (CUT-GO), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) e pela Frente Brasil Popular (FBP) ocorre na Praça do Trabalhador, no Setor Central. Até às 11h40 ainda não havia estimativa da quantidade participantes por parte dos organizadores. A Polícia Militar não está no local.

Juiz de Fora, MG

Representantes de movimentos estudantis, sindicatos e movimentos sociais realizam na manhã deste domingo (21) um ato em Juiz de Fora pedindo pela saída do presidente Michel Temer (PMDB). Os organizadores estimam a participação de mil pessoas. A Polícia Militar (PM) acompanha o ato, mas não divulgou público presente.

Manaus

Integrantes da Frente Brasil Popular e de centrais sindicais participaram de um ato na Praça do Congresso, no Centro de Manaus, na manhã deste domingo (21). Os manifestantes pedem a saída do presidente Michel Temer e são contrários a reformas trabalhista e da previdência. A Polícia Militar (PM) e a organização do protesto estimam que cerca de 300 pessoas participavam do ato por volta de 11h (horário local). Antes do início do ato, a coordenação esperava reunir cerca de 2 mil pessoas.

Natal

Os manifestantes protestaram em Natal na manhã deste domingo pedindo a saída do presidente Michel Temer e a convocação de eleições diretas. A concentração começou por volta das 9h na Praça das Flores e terminou às 12h30. O protesto foi convocado por movimentos sociais. Da Praça das Flores os manifestantes saíram em direção à Praia do Meio. A PM não estimou o número de participantes. De acordo com os organizadores, eram 4 mil manifestantes.

Rio de Janeiro
Manifestantes se reuniram na orla de Copacabana, no Rio de Janeiro, em ato contra a corrupção (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

A orla da Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, foi palco de um protesto na manhã deste domingo (21) contra a corrupção. O ato, organizado pelo Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe), teve início por volta das 10h e pedia a saída do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e do presidente da República, Michel Temer.

Uberlândia, MG
Manifestantes se reuniram na manhã deste domingo (21), em Uberlândia, para pedir a saída do presidente Michel Temer (PMDB) e eleições gerais diretas imediatas. O ato foi organizado pelo Comitê Regional Contra as Reformas da Previdência e Trabalhistas - Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo. A Polícia Militar (PM) disse que 120 pessoas participam do protesto. Organização informou 400 participantes.

Juiz de Fora, MG

Representantes de movimentos estudantis, sindicatos e movimentos sociais realizam na manhã deste domingo (21) um ato em Juiz de Fora pedindo pela saída do presidente Michel Temer (PMDB). Os organizadores estimam a participação de mil pessoas. A Polícia Militar (PM) acompanha o ato, mas não divulgou público presente.

Manaus
Integrantes da Frente Brasil Popular e de centrais sindicais participaram de um ato na Praça do Congresso, no Centro de Manaus, na manhã deste domingo (21). Os manifestantes pedem a saída do presidente Michel Temer e são contrários a reformas trabalhista e da previdência. A Polícia Militar (PM) e a organização do protesto estimam que cerca de 300 pessoas participavam do ato por volta de 11h (horário local). Antes do início do ato, a coordenação esperava reunir cerca de 2 mil pessoas.

Natal
Os manifestantes protestaram em Natal na manhã deste domingo pedindo a saída do presidente Michel Temer e a convocação de eleições diretas. A concentração começou por volta das 9h na Praça das Flores e terminou às 12h30. O protesto foi convocado por movimentos sociais. Da Praça das Flores os manifestantes saíram em direção à Praia do Meio. A PM não estimou o número de participantes. De acordo com os organizadores, eram 4 mil manifestantes.

Rio de Janeiro


Manifestantes se reuniram na orla de Copacabana, no Rio de Janeiro, em ato contra a corrupção (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

A orla da Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, foi palco de um protesto na manhã deste domingo (21) contra a corrupção. O ato, organizado pelo Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe), teve início por volta das 10h e pedia a saída do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e do presidente da República, Michel Temer.

Uberlândia, MG

Manifestantes se reuniram na manhã deste domingo (21), em Uberlândia, para pedir a saída do presidente Michel Temer (PMDB) e eleições gerais diretas imediatas. O ato foi organizado pelo Comitê Regional Contra as Reformas da Previdência e Trabalhistas - Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo. A Polícia Militar (PM) disse que 120 pessoas participam do protesto. Organização informou 400 participantes.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Blog do Joseilson