Ultimas...
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

quarta-feira, 15 de março de 2017

DISCURSO DO VEREADOR PAULO CÉSAR BEJÚ DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA (14) DE MARÇO ANO DE 2017

Em sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Santa Cruz realizada na noite da última terça (14) o vereador Paulo César Bejú fez um discurso em defesa dos trabalhadores da saúde que encontram-se em greve. Confira na íntegra o discurso do vereador.

Sr. Presidente, caros colegas vereadores, vereadora, publico aqui presente,
Hoje, senhoras e senhores! Subo a esta tribuna, para tratar de um assunto no qual todos nós devemos nos preocupar que é, a greve da saúde no nosso município. Por mais que a gestão tente colocar panos frios, tentando passar uma imagem de que a greve é algo menor, basta ir aos postos de saúde, para ver que um serviço, já precário, está ainda pior.

A luta dos profissionais é legitima, estão a reivindicar o pão digno de cada dia, reivindicando melhores condições de trabalho, o que trará beneficio a população. Ninguém, senhoras e senhores! Faz greve para aparecer, porque acha bonito. Se existe resistência é porque, direitos estão sendo negados.

Tomamos conhecimento que ontem ouve uma reunião entre os grevistas e a gestão, sem sucesso, saíram sem entendimento e a greve continua, pois a prefeita é irredutível, não demonstrando querer solucionar o problema, a única pauta que a prefeita diz aberta ao dialogo é a questão do congelamento salarial, todo o restante da pauta, não quer nem saber.

Não podemos fazer vista grossa, a população tem sofrido e a culpa, sob nenhuma hipótese, pode recair nas costas dos trabalhadores da saúde. Vamos lembrar que a gestão foi eleita, sobretudo, utilizando o discurso de que resolveria neste mandato, o que não foi possível resolver no anterior.

Meus caros! Existe uma Santa Cruz real que é, a santa cruz da falta de medicamentos, dos salários congelados, da falta de dialogo, do desrespeito ao funcionalismo público e a Santa Cruz imaginária, esta, é a Santa Cruz da gestão, onde não existem problemas, onde o povo vive feliz, onde os cidadãos são assistidos, onde a culpa pelos maus feitos é sempre do outro. Ora, Sr. Presidente! A excelentíssima prefeita sempre vem a publico dizer que a culpa é da CRISE, que só não faz mais devido a CRISE, como explicar então, um gasto de 270.300,00 (duzentos e setenta mil e trezentos reais) com BUFFT? Como explicar um gasto de 15.000,00 (quinze mil reais) em diárias de 04 diais? Cadê a crise, senhores?
O povo está cansado de justificativa, o trabalhador não aguenta mais ouvir falar em CRISE, CRISE, CRISE quando é só pra tirar seus direitos.

Deixo aqui um apelo a Sra. Prefeita.   Resolva os problemas do município, olhe para os servidores da saúde, atendam suas reivindicações e assim, estará contribuindo com a melhoria de vida da população.

Por R Santos
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Blog do Joseilson