Ultimas...
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Ceia de Natal fica mais cara e refeição com

O mês de dezembro chegou e, com ele, uma série de gastos para as festas de final de ano. Em 2016, a população pagará mais caro pela Ceia de Natal. Uma refeição composta por frango, tender, lentilha, farofa e panetone custará, em média, R$ 86 para o bolso do consumidor.
A crise pode dificultar as compras, já que a Ceia de Natal está 10,19% mais cara, segundo a FGV (Fundação Getúlio Vargas). No entanto, há opções para baratear a refeição da data, sem perder o espírito natalino. A reportagem do R7 foi às ruas de São Paulo e fez um levantamento de preços em três supermercados (compare os preços dos itens da ceia no quadro abaixo).


O economista da FGV André Braz explica que, em 2015, o real havia desvalorizado e, por isso, muitos produtos importados ficaram mais caros para o consumidor, como o azeite e o bacalhau. No entanto, o cenário para este ano se mostra um pouco menos pessimista, considerando só a questão do câmbio.
— O real valorizou 16% nos últimos meses, fazendo com que haja uma pressão menor sobre os preços. Estes não devem ficar tão mais caros em comparação com o ano passado.
Entretanto, Braz diz acreditar que a ceia de Natal de 2016 poderá ser mais tímida do que nos anos anteriores ou que as famílias podem se unir para otimizar os gastos da festa por causa do alto nível de desemprego — cerca de 12 milhões de pessoas, segundo a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) do IBGE.
— A inflação fez com que produtos que vão à mesa estejam mais caros que ano passado, mas não por causa do câmbio, já que o real está mais valorizado.
O especialista projeta que a inflação deve chegar aos 7% e os produtos podem ter um aumento de preço real, ou seja, os valores superam a inflação, dificultando o poder de compra do consumidor. 
— Os campeões de demandas são os produtos tradicionais, como o frango especial, o tender, o azeite e o vinho. Estes são itens com chance de ter um aumento real, por causa da procura. Diante do cenário do País, o frango deve ser o produto que será mais procurado. Se o consumo for muito alto, o preço pode aumentar por causa da procura. Agora se encalhar, o preço cai. 
De acordo com levantamento de preços feito pela reportagem do R7, o frango especial e o peru são as carnes natalinas com melhor preço para o consumidor. A média de preço para um quilo de frango é de R$ 15,96 e para o peru, de R$ 15,11.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Blog do Joseilson