Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


sábado, 1 de outubro de 2016

Miss Brasil 2015 se despede do reinado e fala da luta contra o câncer

Prestes a passar a faixa e a coroa de Miss Brasil, a gaúcha Marthina Brandt, 24 anos, vencedora do concurso em 2015, diz que é como se passasse um filme em sua cabeça de tudo que viveu em seu reinado. Entre os trechos mais marcantes, além do momento consagrador em que ouviu seu nome como vitoriosa da disputa, está sua luta contra um câncer de útero, doença que ela descobriu em dezembro de 2015 e preferiu manter em segredo até agora.
"Pouco antes do Miss Universo, eu comecei a me sentir fraca, tive uma alergia e procurei um médico. Fiz exames e, enquanto estava no confinamento para a disputa mundial, recebi o diagnóstico de que teria que tirar um tumor e talvez fazer quimioteria quando voltasse ao Brasil", conta ela, que diz não ter ficado abalada para a competição após saber disso. "Eu acho que, se você tem um problema, não pode se preocupar tanto, isso torna tudo pior. Tentei manter a calma pois sabia que quanto mais nervosa eu ficasse, pior seria tudo. Fiquei no Miss Universo com o mesmo foco de antes."

Apenas familiares sabiam da doença
Discreta, Marthina preferiu que seu diagnóstico ficasse restrito a poucas pessoas durante todo seu período como Miss, optando assim por não falar com a imprensa sobre o assunto.

"Basicamente falei para minha família e os organizadores do concurso. Não quis falar durante o reinado por não querer mídia por conta de um momento que eu passava. Por mais que não tenha sido algo que eu escolhi, não queria que isso se tornasse o principal quando me vissem. Sempre quero que meu trabalho venha na frente de tudo", diz ela, que relembra emocionada do apoio que recebeu dos familiares. "Eles estiveram comigo em todos os momentos, do meu lado, me ajudando. Sei que eles sofreram muito, mas também procurei ser forte para ajudá-los a enfrentar isso."

Quimioteria de dia e eventos à noite
Marthina conta que, durante o tratamento - que no total durou três meses e meio -, várias vezes ela teve que fazer quimioterapia e comparecer a eventos no mesmo dia. Porém, essa coincidência de agendas só ajudou para que ela tivesse ainda mais forças.

"Ter os compromissos como Miss me ajudaram a manter minha vida o mais próximo do normal. Claro que algumas coisas eu tive que cancelar, pois o tratamento é duro. Tinha dia que eu estava bem, mas em outros eu só sentia sono. Mas hoje me sinto tranquila para falar sobre o assunto e mostrar que também é possível cuidar da doença e seguir a própria vida. Aliás, continuar trabalhando foi uma escolha minha. Enquanto muitos diziam para que eu parasse, eu pedia para continuar", relembra.

'Perdi 30% do cabelo'
Os efeitos colaterais, conta ela, foram inevitáveis e atingiram em cheio sua beleza. "Perdi 30% do cabelo e cerca de três quilos. Mas não fez tanta diferença assim. Sempre usei megahair e consegui disfarçar bem. E o peso oscilou dentro do que eu estava acostumada a pesar. Mas hoje, ainda bem, o cabelo voltou a crescer e o peso se normalizou", fala ela, que afirma não ter ficado com medo das mudanças estéticas por conta do câncer. "Não fiquei preocupada. Quando você passa por uma situação como essa, seu foco tem que ser a saúde, não a beleza. Sempre me preocupei em estar bem."

'Amadureci, me tornei alguém melhor'
Curada, Marthina conta que, assim como outros que já sofreram com a mesma doença, precisa fazer acompanhamento pelos próximos cinco anos. Ela, porém, não se queixa de nada e, positiva, prefere ver o lado bom de tudo que enfrentou. "Acho que amadurei, me tornei alguém melhor e dar valor a quem eu amo. Tento ver o lado bom de tudo sempre", garante.
Marthina Brandt (Foto: Celso Tavares / EGO)Marthina Brandt foi eleita Miss Brasil 2015
(Foto: Celso Tavares / EGO)
 
Lembranças positivas do reinado
Voltando a falar do fim de seu reinado, Marthina faz questão de agradecer a tudo de bom que viveu desde que recebeu a faixa e a coroa de campeã.
"Ouvi de muitas meninas que elas se espelham em mim. Isso é muito gratificante. Eu gosto de cuidar do que faço justamente por isso, tem gente olhando. Tentei passar imagem e exemplos positivos e acho que deu certo. Isso é uma grande alegria, todo o carinho recebi nos mais diversos lugares e de diferentes pessoas", lembra ela.

Marthina Brandt (Foto: Celso Tavares / EGO)Dicas para as candidatas ao título em 2016
Sobre o concurso que será realizado neste sábado, 1º, em São Paulo, a gaúcha diz que, embora conheça todas as candidatas, não consegue apontar uma favorita para vencer. Porém, ela acredita que, além de avaliar a beleza, o Miss Brasil requer de quem quer vencer atenção em vários detalhes. "É preciso ter atitude, personalidade e ser observadora. É um jogo e é preciso jogar da melhor forma possível", diz ela, que adianta o que espera da campeã. "Fiz tudo que pude durante o ano. Muitas coisas dependem apenas de nós, então acho que é isso que espero da próxima miss, que ela vá atrás em representar o país da melhor forma possível. Que seja dedicada e nunca perca a humildade."

Marthina Brandt passa a coroa neste sábado
Assim que a nova Miss assumir a faixa e a coroa, Marthina começa a colocar em prática tudo o que planeja. Ela, que estudava direito, vai  mudar a faculdade para jornalismo e se dedicar a tentar conquistar seu espaço na TV.

"Desde que ganhei o concurso eu passei a ir a vários programa e me senti sempre muito tranquila para falar de vários assuntos. Hoje percebo que é o que quero mesmo fazer, tenho isso bem claro. Quero trocar minha faculdade para jornalismo, devo começar no segundo semestre do ano que vem, pois antes quero fazer alguns cursos", planeja ela, que a partir de agora pretende trabalhar mais como modelo, além de também abrir uma empresa. "Ainda não posso falar a área, mas é uma área que me sinto segura, minha família sempre teve negócios."

0 comentários:

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN