Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


domingo, 25 de setembro de 2016

Saúde: 4 Frutas que Você Deveria Comer Todo Dia

Ninguém gosta de ouvir isso, mas à medida em que os anos vão passando, as medidas também vão aumentando. E até mesmo pequenos ganhos de peso trazem o risco de diabetes, declínio cognitivo, doenças cardíacas e certos tipos de câncer. No entanto, os micronutrientes presentes em certos tipos de frutas podem ajudar a impedir este ganho, de acordo com um novo estudo liderado pela Universidade de Harvard.
A equipa de pesquisa do estudo acompanhou o peso de mais de 124.000 pessoas com mais de 24 anos. Eles descobriram que aquelas que comiam mais frutas abundantes em flavonóides ganharam um mínimo de peso e muitas vezes perdiam alguns quilos.
Os participantes do estudo que comeram frutas ricas em três tipos particulares de flavonóides – antocianinas, polifenois e flavonóis – obtiveram os melhores resultados. Este grupo consumiu menos calorias e queimou mais energia, ou seja, a equação perfeita para emagrecer.



“Isso mostra que as mudanças simples, como apenas adicionar um punhado de bagas no seu dia, poderiam ter um grande impacto em sua saúde a longo prazo”, diz Monica Bertoia, PhD, pesquisadora no departamento de nutrição da Harvard T. H. Chan School of Public Health.
Um coisa importante a se destacar é a seguinte: “Nós descobrimos que o aumento da ingestão de todas as frutas foi associado a um menor ganho de peso”, diz Bertoia. “Mas isso trata-se de comer a fruta em sua forma natural. As pessoas que aumentaram a sua ingestão de suco de fruta ganharam mais peso, provavelmente porque os sucos têm muito açúcar adicionado.”
Confira a partir de agora algumas razões para adicionar estas 4 frutas ricas em flavonóides em seu dieta no dia a dia.

1. Maçãs – polifenois

Uma das frutas favoritas e mais consumidas no mundo, é também uma das melhores para ajudar a controlar o peso. Acontece que os polifenois presentes em maçãs inibem as enzimas que decompõem os açúcares simples, o que significa que em vez de armazenar o açúcar como gordura, você o libera mais do para fora de seu organismo. Sem contar que a pectina, uma forma de fibra presente em maçãs, mistura-se com os flavonóides para reduzir os níveis de gordura no sangue.
No entanto, nem todas as maçãs são iguais, de acordo com pesquisa publicada no Nutrition Journal. As maçãs fuji têm a maior concentração de flavonóides, seguido pela argentina. As maçãs Gala são ainda bastante altas, mas os níveis começam a cair com as maçãs Golden Delicious.
Quanta diferença isso faz? Maçãs Fuji têm mais que o dobro dos flavonóides que você encontrará em uma maçã Empire, a variedade com menor quantidade.

2. Peras – flavonóis e flavanois

Como maçãs, peras são uma fonte importante de pectina. Mas elas também são ricas em flavonóis e flavanois, que são apontados por proteger contra o ganho de peso e diabetes tipo 2. Em outro estudo utilizando grande parte os mesmos dados de Bertoia, comer mais peras ou maçãs estava realmente ligado a uma maior perda de peso, em comparação com comer mais bagas.

Uma razão pode ser que uma pera fresca fornece quase um quarto de suas necessidades de fibras por dia, o que é ótimo para sua flora intestinal. “Bactérias intestinais saudáveis ajudam o organismo a absorver e digerir flavonóides”, diz Bertoia.

3. Mirtilos – antocianinas

Sua casca azul escura vem da alta concentração do flavonóide chamado antocianina, um poderoso antioxidante que ajuda a prevenir o câncer, doenças cardíacas e inflamação. “Apenas um pequeno aumento na antocianina está correlacionada a uma melhor manutenção do peso”, diz Bertoia. “Então, se você comer uma porçãp de meia xícara, você está recebendo centenas de miligramas de antocianina.”
Acredite ou não, blueberries congelados têm a maior concentração de antocianina, seguido de perto pelas frescas. Congelar estas frutas logo após a colheita preserva mais de seus flavonóides. Blueberries secas têm cerca de metade do número de antocianinas de frutas frescas ou congeladas, de acordo com um estudo publicano no Journal of Biomedicine and Biotechnology.

4. Morangos – flavanois e antocianinas

O morango carrega uma uma variedade de antioxidantes: dispõe de antocianinas (embora não tanto como os mirtilos) e ainda flavonóis. A pesquisa mostra que cerca de 50 gramas de morangos já reduzem os picos de inflamação e de açúcar no sangue desencadeados por uma refeição rica em carboidratos.
Um estudo publicado no British Journal of Nutrition mostrou que comer algumas bagas antes de comer doces tornou mais difícil para o corpo absorver o máximo de açúcar, impedindo-o de absorver toda a sua carga calórica. E em um estudo recente feito em animais, os pesquisadores foram capazes de reverter a diabetes tipo 2 em ratos alimentando-os com morangos.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN