Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


domingo, 25 de setembro de 2016

DITADURA DO CARLOS EDUARDO? Candidatos a prefeitura publicam nota em protesto

Faltando pouco mais de uma semana para as eleições que decidirão o gestor que Natal terá pelos próximos quatro anos, a disputa entre os candidatos ao pleito segue com polêmicas.
Neste sábado (24), Fernando Mineiro (PT), Freitas Júnior (Rede Sustentabilidade), Kelps Lima (Solidariedade), Márcia Maia (PSDB), Robério Paulino (PSOL) e Rosália Fernandes (PSTU) se uniram em uma nota para “alertar” o povo natalense de que o atual prefeito do município e candidato pelo PDT, Carlos Eduardo Alves, estaria realizando manobras para inviabilizar o debate democrático durante o período eleitoral.
Recentemente, o candidato Kelps sofreu pela Justiça Eleitoral uma proibição de publicar conteúdo em suas redes sociais contra Carlos Eduardo considerado “dissimulado”; já Márcia Maia afirmou que o candidato do PDT está tentando amordaçar sua campanha; por fim, Fernando Mineiro foi proibido de associar o prefeito à figura de Eduardo Cunha e Henrique Alves. Em consequência dessas reclamações, os candidatos já pensam em se unir em caso de segundo turno contra um possível embate com Carlos Eduardo.


Confira a nota na íntegra:
NOTA À POPULAÇÃO DE NATAL
Nós, os candidatos e as candidatas de oposição à Prefeitura de Natal, temos divergências programáticas, mas concordamos num ponto: alertar a população de Natal para as manobras de Carlos Eduardo Alves com o objetivo de inviabilizar o debate democrático, nos limites da legislação e no interesse dos moradores, sobre o presente e o futuro da cidade.
Por meio de sucessivas representações, possíveis apenas porque Alves dispõe de poderosa estrutura de campanha, ele busca de todas as maneiras amordaçar os demais candidatos, censurando-lhes a propaganda na televisão, no rádio e até na internet.
É uma postura que comprova o autoritarismo e o temor de dialogar com a cidade, já exibidos por Alves no exercício do mandato de prefeito e na própria campanha, ao fugir de debates organizados por veículos de comunicação e entidades representativas da sociedade.
Esperamos isenção e discernimento do Poder Judiciário para evitar que seja bem-sucedida a estratégia ilegítima de interditar o debate sobre os problemas de Natal, muitos deles criados e/ou agravados pelo próprio Alves.
Os fatos evidenciam a importância de levar a eleição ao segundo turno, para que Natal conheça melhor a história, as ideias, propostas e ações dos candidatos a prefeito. Sem censura nem abuso do direito de recorrer à Justiça, que é um dos pilares da democracia e guardiã do princípio da igualdade na disputa eleitoral.
Fernando Mineiro (PT)
Freitas Júnior (Rede Sustentabilidade)
Kelps Lima (Solidariedade)
Márcia Maia (PSDB)
Robério Paulino (PSOL)
Rosália Fernandes (PSTU)
AGORA RN – http://agorarn.com.br/destaques/oposicao-se-une-para-denunciar-manobras-de-carlos-eduardo-com-objetivo-de-inviabilizar-o-debate-eleitoral/

0 comentários:

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN