Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Família é encontrada morta em condomínio na Barra da Tijuca

Quatro pessoas da mesma família foram encontradas mortas na manhã desta segunda-feira (29) em um condomínio de classe média alta, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.
Segundo a Polícia Militar, Nabor Coutinho de Oliveira matou a mulher, Laís Khouri, a facadas. Em seguida, ele teria assassinado os dois filhos de 10 e 6 anos com golpes de marreta e cometido suicídio, de acordo com o relato de policiais.
Uma carta foi encontrada no apartamento. Nela, o autor, que supostamente seria Oliveira, expõe os motivos de sua conduta, tendo como principal justificativa a falta de recursos para o sustento da família. 


"A carta foi apreendida e será analisada para saber se foi escrita por ele (Nabor). Inclusive será mostrada para parentes dele, que vêm de Belo Horizonte. A carta trata de problemas profissionais e não necessariamente financeiros", disse o delegado Fábio Cardoso, titular da Divisão de Homicídios do Rio.
Segundo o delegado, Oliveira tinha mudado de emprego há pouco tempo. "O que posso dizer é que ele tinha sido empregado de uma grande empresa".
De acordo com policiais, o corpo de Laís Khouri foi encontrado em cima da cama dentro do apartamento, no 18° andar. Ela sofreu golpes de faca no pescoço.
Após matar a mulher, Oliveira teria usado uma marreta para assassinar os meninos de 10 e 6 anos.
Os corpos das crianças foram arremessados pela sacada e caíram perto da área da piscina do condomínio. Em seguida, Oliveira teria se jogado pela janela.
Cardoso afirmou que a necrópsia vai dizer se as crianças foram mortas com a queda ou se sofreram golpes de marreta ainda no apartamento. A marreta e a faca foram apreendidos pelos policiais.
De acordo com vizinhos, a família era reservada e não costumava brigar. Cardoso também disse que pode assegurar que Oliveira não tinha envolvimento com drogas. Conforme o delegado, apenas a família estava no apartamento no momento das mortes. Segundo ele, a porta do imóvel precisou ser arrombada pelos bombeiros, os primeiros a chegar ao local

1 comentários:

Anônimo disse...

Meu Deus isso ñ justifica

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN