Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Anticoncepcional não é um remedinho qualquer

Evitar uma gestação indesejada é a principal razão que leva mulheres a usar pílula anticoncepcional. De garotas que acabaram de iniciar a vida sexual a mulheres maduras que ainda têm o ciclo menstrual ativo e ovulam normalmente, quem não quer filho toma pílula. O caso da jovem Juliana Pinatti Bardella, de Botucatu, interior de São Paulo, que descobriu uma trombose venosa cerebral depois de usar por anos pílula anticoncepcional, recomendada por médicos, acende um alerta. Infelizmente, os casos de AVC e trombose em mulheres, por conta do uso indiscriminado de pílula, são mais comuns do que a gente imagina.
Para piorar, tem muita mulher que sequer vai ao médico para ver se pode ou não tomar a medicação. A amiga usa, ela acha que serve, e pronto. Vai à farmácia, começa a tomar, e não faz a menor ideia dos riscos que está correndo. Ir ao ginecologista nem sempre ajuda. A própria Juliana relata que tomou a pílula YAZ, por cinco anos, e passou por três ginecologistas diferentes. Nenhum deles a alertou sobre o risco de trombose.


Mas eles existem. E há exames que podem indicar se a mulher tem ou não chances de sofrer um AVC ou de ter uma trombose. Não dá para começar a tomar pílula alguma sem antes se submeter a uma boa bateria de exames. Anticoncepcional é apresentado ao mundo como se fosse um remedinho qualquer, uma bobagem. E não é. Eles causam um rebuliço nos hormônios e podem levar a alterações importantes no sistema circulatório. O medo de engravidar acaba sendo maior do que o cuidado com a própria saúde. E dá-lhe a meninada enfiando pílula goela abaixo como se fosse balinha de hortelã.
Mulheres, façam um favor a si mesmas. Procurem um médico de sua confiança, façam exames específicos para monitorar seus riscos (que, obviamente, vão variar de pessoa para pessoa) e, só então, adotem um método contraceptivo mais indicado para vocês. Não caiam nessa cilada. Anticoncepcional pode ser uma bomba para o organismo.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN