Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


domingo, 24 de julho de 2016

Estudo relaciona suicídio a desemprego

Há cerca de dois anos, a fábrica de estofados Luizzi, em Rio Claro (SP), produzia 65 mil jogos de sofás de cinco lugares por mês. Era mais do que o suficiente para acomodar toda a população da cidade de 200 mil habitantes.
Neste ano, a produção recuou a menos de um terço: 18 mil jogos por mês. O único cliente da Luizzi, a Via Varejo, dona das Casas Bahia, reduziu as compras, na esteira da recessão e da queda do apetite do consumidor.
No mês passado, 20% do efetivo foi demitido. A decisão ocorreu após a fábrica, fundada por Luiz Antônio Scussolino, tentar, sem sucesso, reduzir a jornada de trabalho em 20%, com corte proporcional de salário.


“Ficamos 14 meses empurrando essa decisão. Mas o Luiz, sempre otimista, tinha esperança de que o mercado melhoraria, mês após mês. Essa melhora não veio. A gente foi tentando e esgotando todas as possibilidades”, diz Almir Santos, diretor de negócios e recursos humanos.
Cinco dias depois das demissões, Scussolino, então com 66 anos, apareceu morto, enforcado, em um dos galpões da fábrica. Para executivos da Luizzi, o empresário não resistiu à depressão em que afundou após os cortes.
“No dia da demissão, ele passou mal e foi hospitalizado com arritmia. Um dia antes de morrer, falei com ele ao telefone e ele disse que não conseguia sair da cama”, diz Carlos Eduardo Marques, diretor de governança.
Os dados mais recentes sobre suicídios no Brasil são de 2014, antes do agravamento da crise. Estudos internacionais, como um feito pela Universidade de Zurique com dados de 63 países de 2000 a 2011, apontaram forte relação entre suicídios e desemprego.
O diretor dos ambulatórios do Instituto de Psiquiatria da USP, Rodrigo Leite, diz que os suicídios são um fenômeno diferente de outros transtornos mentais, porque têm influência do ambiente.
Segundo ele, o impacto do desemprego é grande porque, além do salário, há solidão, isolamento, perda de apoio social, crises familiares e sensação de impotência.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN