Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Preso por estupro, ex-BBB Laércio chora e nega as acusações em depoimento 9

O ex-BBB Laércio de Moura, de 53 anos, preso nesta segunda-feira (16) suspeito de ter cometido estupro de vulnerável, negou as acusações e quis permanecer calado diante do interrogatório da polícia, informou ao UOL a assessoria de imprensa da Policia Civil do Paraná, na manhã desta terça. O ex-BBB foi transferido com mais seis presos para a Casa de Custódia de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba (PR). Ele deverá permanecer na prisão temporária até a determinação da Justiça, que o encaminhará para uma penitenciária. 
Ao jornal "Extra", o advogado de Laércio, Ronaldo Manoel Santiago, contou que ele está bastante abatido e chorou ao saber que teria que dividir a cela com outros presos, mas teve uma noite tranquila. O advogado tenta agora fazer com que o ex-BBB responda o processo em liberdade e garante que ele é inocente.


A detenção de Laércio aconteceu por conta de uma ação do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria). Ele foi preso em seu apartamento, no bairro do Batel, e não resistiu. A delegada titular do Nucria, Daniela Andrade, e a delegada adjunta Patricia Conceição contaram que a polícia ouviu testemunhas e chegou a uma vítima de Laércio. A adolescente se relacionou com o ex-BBB em 2012, quando ela tinha 13 anos e ele, 49. A menor, que hoje tem 17 anos, confirmou o relacionamento, contou que Laércio fornecia bebidas alcoólicas para ela e cedeu prints de conversas dos dois. A família da jovem não sabia do envolvimento.
Segundo as delegadas, a investigação teve início na época do "BBB16", a pedido do Ministério Público do Paraná. "A partir do momento que ele apareceu no programa, eles receberam várias denúncias de que ele se relacionava com menores de 14 anos, o que caracteriza o crime de estupro de vulnerável. A lei presume a violência quando o maior de idade se relaciona com uma criança ou um adolescente menor de 14 anos", explicou Andrade.
A polícia também cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência do curitibano e apreendeu um computador, um HD externo, diversos pen-drives, alguns CDs, e 3 telefones celulares, que serão analisados pela perícia para apurar "possível crime de pedofilia". A Polícia Civil dará continuidade à investigação, em busca de outras vítimas.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN