Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Contrate a melhor banda forrozeiro do RN!

Festa do Ano no Fama Casa Show


propaganda

Facheiros Motel

Mundial Fashion


QUEREM FICAR PERFEITOS ENTÃO O LUGAR CERTO É NA MUNDIAL FASHION. CAMISETA BÁSICA 24 REAIS MUNDIAL FASHION SHOPPING TRAIRI CENTER SANTA CRUZ RN

Vende-se terrenos; últimos lotes


Açougue AM Carnes

Açougue AM Carnes

Publicidade

Store Multimarcas


Espaço Confecções


terça-feira, 5 de abril de 2016

PSDB representa contra Carlos Eduardo por uso da Prefeitura em ato partidário


carlos_eduardo_defato330O PSDB protocolou na Procuradoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte representação contra o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), por uso do Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura da capital potiguar, em ato partidário do PDT, legenda do qual o chefe do Executivo é presidente no Estado.
Segundo a denúncia, protocolada hoje (5), o prefeito teria cometido crime conforme aponta o artigo 9º da Lei 8.429/92, que prevê punição aos que se utilizam de “bens, equipamentos ou material de qualquer natureza, assim como do trabalho de servidores públicos, empregados ou terceiros contratados por essas entidades, para se beneficiarem em razão de interesses particulares”.
No último dia 22 de março, o prefeito Carlos Eduardo capitaneou ato de filiação partidária do prefeito de Tangará, Alcimar Germano, além do vice-prefeito da cidade, Chicuta, vereadores e vários pré-candidatos e lideranças políticas da região, no salão nobre do Palácio Felipe Camarão, local reservado a atuação institucional do gestor, anexo ao próprio gabinete do prefeito.


“Denota-se que o objetivo central da visita ao Gabinete do Prefeito tem cunho eminentemente político partidário, de modo que os pleitos eventualmente formulados em nada se comunicam com os interesses do Município de Natal, de onde foi confiado ao Representado o zelo para com as instituições públicas”, afirma o PSDB na denúncia.
A representação destaca ainda a presença de Jonny Costa, titular da Secretaria Municipal de Governo e secretário do PDT potiguar, “servidor público de primeiro escalão incumbido de relevantes atribuições institucionais, que não o recebimento de filiações partidárias e outras questões afeitas” ao partido.
“Nessa senda, a postura do Representado estimula, e porque não dizer que autoriza, seus subordinados a procederem de igual modo, desvirtuando atribuições de servidores e deturpando finalidades da administração pública em prol de interesses políticos partidários”, concluiu a representação do PSDB.
O partido solicitou ainda que o MP realize uma perícia técnica nos computadores do gabinete do prefeito para investigar se não foi cometido o “descalabro” de proceder ao “cadastramento” de tais filiações no programa desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), denominado FiliaWeb, “se utilizando de equipamentos e servidores a disposição do órgão público, vez que a postura da cúpula partidária não denota o necessário discernimento entre o público e o privado”.
O PSDB requereu também que o MP recomende ao prefeito Carlos Eduardo Alves que “evite praticar atos políticos partidários em recinto público reservado ao Poder Executivo”. A representação é assinada pelo presidente estadual do PSDB-RN, Valério Marinho, e pelo advogado do partido, Donnie Allisson Morais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Editado Por: Blog do Joseilson Cidade: Santa Cruz/RN